Detalhe do produto

A museologia: história, evolução, questões atuais

Livro Impresso ISBN: 9788522521647 Edição: 1 Ano: 2019 Largura: 16.00 cm Comprimento: 23.00 cm Peso: 653 gramas Número de Páginas: 376

A museologia: história, evolução, questões atuais

Autor(es): André Gob, Noémie Drouguet
Obras dos autores

Manuais de museologia ou de museografia, em geral, abordam prioritariamente questões relativas a conservação, a gestão e a montagem de exposições. O objetivo de A museologia é mais amplo e fornece uma introdução a um campo de pesquisa, uma reflexão teórica e histórica. A ambição é também oferecer instrumentos práticos àqueles que pretendem produzir o museu e fazê-lo viver concretamente. A intenção é que sirva aos que pretendem se profissionalizar e abraçar o conjunto de questões ligadas aos museus. Mais que ressaltar as diferenças entre museus e tipos de acervos, aqui são enfatizados os pontos comuns e as convergências a fim de destacar os traços específicos da instituição museal.

Agradecimentos 
Nota prévia à quarta edição francesa 
Prefácio da segunda edição francesa 
Prefácio da quarta edição francesa 


Introdução 
A museologia 

Algumas precisões terminológicas: museologia, museografia, cenografia, expografia 

Origem e desenvolvimento dos museus 
O colecionismo 
Os primeiros museus 
A criação do Musée du Louvre 
O século XIX, a expansão dos museus 
Um museu cada vez mais científico 
A nova museologia 
O mundo museal hoje 

 

1. Definição e diversidade dos museus
O que é um museu? 

Diversidade dos museus 

Diversidade das temáticas 
Diversidade da zona geográfica abordada 
Diversidade de tamanho 
Diversidade de estatuto 
Diversidade de forma 

Museu e patrimônio imobiliário 


2. Museus para quê? Papéis e funções do museu 
As quatro funções do museu 

Ausência de hierarquia das funções museais 

As expectativas dos usuários do museu 

O projeto museal 
Os componentes de um projeto museal 
Um processo evolutivo 
O museu, um projeto político 
O papel das coleções 

Museu e identidade 
Da nação ao grupo social 
As “primeiras nações” 
Restituição dos bens culturais 


3. Museus para quem? O público dos museus 
A importância do público 

A frequência dos museus 

Conhecer o público 
A abordagem estatística 
A abordagem comportamental 

O acolhimento do público 

O site da internet 
Os espaços de acolhimento e a sinalética 
Um museu aberto

Uma preocupação de democratização 
O preço da entrada nos museus 
O público-ator 
Os amigos dos museus 
Os museus participativos 


4. A exposição: a função de apresentação 
A exposição, um instrumento de comunicação 
A linguagem da exposição 
As noções de expôt e de “coisa verdadeira” 
O sentido da exposição 

Uma mensagem acessível 
Diferentes abordagens da exposição 

Exposição permanente versus exposição temporária 

O programa museográfico 
A escolha de uma estruturação 
O roteiro 
O percurso 
Espaços diferenciados 
A seleção dos objetos 
Salas “grande público” e salas especializadas 
Os textos na exposição 
Cenários e reconstituições 
Novas tecnologias e multimídia 

O projeto cenográfico 
A cenografia 
Que papel para o cenógrafo? 

Elementos de cenografia 

Complementos da exposição 
O audioguia 
Auxílios e prolongamentos da visita 

A recepção da exposição 
O que faz o visitante de uma exposição? 
A avaliação das exposições 


5. Perspectiva patrimonial: a função de conservação 
Para uma definição do patrimônio 

O museu como ator do patrimônio 
A inalienabilidade dos objetos de museu 
Conservação, conservação preventiva, restauração 210
Uma abordagem global 
Espaços de exposição e reservas 

A aquisição 
O mercado de arte 216
A coleta in situ 
As doações (de particulares) e o mecenato (de empresas) 
Os empréstimos e as cessões 


As condições de conservação dos objetos 

A conservação: riscos ligados à luz 
A natureza da luz 
A fotometria 
A quantidade de luz 
Fontes de luz utilizadas nos museus 
Síntese sobre a iluminação dos museus 

A conservação: riscos ligados às condições atmosféricas 
Efeitos do calor e medidas de proteção 
Efeitos da umidade e medidas de proteção 36
A poluição atmosférica 

A conservação: riscos biológicos 
Mofos 
Insetos 

A conservação: riscos ligados à embalagem e à fixação 
A embalagem 
A fixação 

Limpeza e restauração dos objetos de museu 

A vigilância e a segurança dos museus 
Duas abordagens da vigilância 
Três ameaças diferentes 
Proteções em vários níveis 
A avaliação dos riscos e a prevenção 

A proteção contra os grandes riscos 
Os conflitos armados 
Os riscos naturais 
O incêndio 

6. A pesquisa no museu: a função científica 
Uma atitude científica 

A pesquisa, base de apoio de todas as atividades do museu 

O catálogo 
Inventariar, gerir, documentar as coleções 
Um banco de dados informatizado 
Modalidades de acesso ao catálogo 

O acesso dos pesquisadores às coleções do museu 

As pesquisas de campo 

Publicações 

A pesquisa em museologia 


7. O museu como ator cultural: A função de animação 
A inserção do museu na vida cultural e social 
Uma abertura sempre maior 
A interpretação ou mediação 
Os serviços anexos 

As atividades culturais 
As exposições temporárias 
A visita guiada 
O teatro no museu 
Outras atividades culturais 

As animações pedagógicas 
Objetivos das animações pedagógicas 
O acolhimento dos jovens no museu 
As relações museu/escola 
As ações de mediação 
O público adolescente 


8. A arquitetura dos museus 
A invenção de uma arquitetura específica 
A sala, a galeria, a rotunda 
Materiais e formas novas 
As primícias da arquitetura moderna dos museus 

Modéstia e imodéstia da arquitetura do museu 

Um prédio para abrigar todas as funções do museu 
Convivialidade dos espaços de acolhimento 
Flexibilidade dos espaços de exposição 
Restrições especiais ligadas à conservação 

A reforma e a transformação de edifícios antigos 

O programa 
O funcionamento do museu 

9. Gestão da instituição museal 
A instituição museal 
Uma instituição sem fins lucrativos 
Necessidade de uma gestão cultural 
Papel dos poderes públicos 
Normas, controle e classificação dos museus 

Diversidade de estatuto dos museus 
O museu (de direito) público 
O museu associativo e a fundação 
O museu privado 

A gestão dos museus 
As produções 
O organograma funcional 
Um organograma funcional, mais que hierárquico 
Novas funções 
A terceirização das tarefas 
Uma administração disciplinar ou gestora? 
A formação do pessoal 

Os recursos financeiros 
As subvenções públicas 
As doações e os legados, o mecenato 
As receitas próprias 
O patrocínio 
Um certo equilíbrio 
Os investimentos 


Conclusão 
Bibliografia geral 
Índice 

 

Impresso

R$ 63,00

COMPRAR